Translate

Cartografando os Mundos da Fantasia



Título: Cartografando os Mundos da Fantasia - Um exame do papel da história, da geografia e da cartografia nos jogos de tabuleiro, RPG's e jogos digitais desde a Hyboria de 'Conan, o Bárbaro', até 'Game of Thrones' (1932-2004).

Resumo: Qual o papel da geografia e da história na produção da 'cultura popular globalizada'? No caso particular, mas bastante abrangente do ponto de vista da influência dos Role-playing games (RPG), dos Jogos de Tabuleiro e de plataformas digitais baseadas na Literatura de Fantasia, podemos afirmar que a geografia e a história são a base mesmo a partir dos quais esses produtos alcançaram a qualidade artística e intelectual que viabilizou a sua divulgação planetária. Consideramos que desde Robert E. Howard, H. P. Lovecraft e J. R. R. Tolkien, já havia se consolidado a opção de se constituir os mundos da Fantasia e suas linguagens a partir da geografia, história e cartografia, pensadas e por cada um desses literatos em meio a seus contextos. Por conseguinte, entendemos que a análise desses produtos depende da aproximação com diversos campos - a política, a religião, a cultura e a linguística. Procuraremos, então, examinar os mapas e as cartografias literárias das terras e mundos fantásticos produzidos ou supervisionados por alguns desses literatos desde 1932, dentre eles a 'Hibória', de Robert Howard; a 'Terra Média' de Tolkien; e o mundo de 'Game of Thrones', idealizado por George Martin.